Santa Teresa, um pedacinho do Rio mais do que carioca

23-12-2015 / Uncategorized

 

Bem-vindo a Santa Teresa! Localizado próximo ao centro da cidade e colado na Lapa e na Glória, esse charmoso bairro carioca mistura boemia, arte e história na dose certa; encantando visitantes e cativando, cada vez mais, os seus moradores. Santa Teresa fica no alto, a forma mais interessante de “subir” ou “descer” para/de Santa (apelido carinhoso e descolado) é de “Bondinho” que em seu trajeto passa por cima dos “Arcos da Lapa”, antigo aqueduto do século 18, tempos do Brasil colonial.

É verdade que muita gente que vem ao Rio não conhece Santa Teresa. Então, preparamos esse post para mostrar um pouco do bairro mais charmoso e criativo do Rio. Um lugar que parece ter parado no tempo com suas casas antigas, palacetes e ruas estreitas de pedras.

História e Arquitetura

O bairro apresenta construções históricas, algumas muito bem preservadas, mas outras precisam de pintura e restauração. Até isso colabora para criar um clima pitoresco em Santa Teresa. Suas ruas são pavimentadas com pedras antigas que conduzem turistas em seus passeios.

Muito requisitado pela antiga aristocracia carioca, o bairro, ainda abriga algumas famílias tradicionais em antigas mansões e muitos outros moradores de classe média, que buscam tranquilidade e fogem dos apartamentos. Durante os anos 60 e 70, muitos artistas se mudaram para as mansões de Santa Teresa e até hoje o bairro reúne – além de artistas – intelectuais, acadêmicos, militares e políticos que convivem em perfeita harmonia.

Convento de Santa Teresa

Em uma colina de subida para o bairro, está localizado o Convento de Santa Teresa que conferiu nome ao local. Sua construção começou na segunda metade do século 18, a igreja que fica ao seu lado se tornou ponto de referência, presente em inúmeras pinturas de época, como a obra o Aqueduto com a Rua Matacavalos (atual Rua do Riachuelo), água-forte colorida de Richard Bate e James Storer, datando de 1820. O convento foi destinado a abrigar a ordem das Teresianas e das Carmelitas Descalças e onde ainda vivem freiras (existe até um bloco de carnaval tradicional chamado Carmelitas, e que, reza a lenda, tem esse nome devido a uma freira que teria pulado o muro do convento e se misturado aos foliões).

Convento de Santa Teresa

 

O QUE FAZER EM SANTA TERESA

Prepare o corpo porque você vai subir e descer ladeiras, mas nada é longe. Se subir a pé comece pela colorida e famosa Escadaria Selaron, um dos principais ícones do bairro.  Seu nome original era Escadaria do Convento de Santa Teresa, mas um pintor e ceramista chileno radicado no Rio, chamado Jorge Selarón, tornou o local um dos pontos turísticos mais procurados ao iniciar sozinho, em 1994.  Antes do ano 2000 concluiu os 215 degraus e 125 metros da escadaria, com mais de 2000 azulejos diferentes, provenientes de mais de 60 países. A escadaria foi tombada pela prefeitura em 2005.

Escadaria Selaron

Outro lugar a se conhecer é o Parque das Ruínas, antiga casa de Laurinda dos Santos Lobo (personalidade da sociedade carioca dos anos 20), que fica a 650 metros após a Selaron. O  Parque fica na Rua Murtinho Nobre 169, bem perto do Rio Forest Hostel, e abre de terça a domingo, das 8h às 18h. Hoje, funciona como um espaço cultural, mantendo parte dos tijolos aparentes, estruturas metálicas e vidro. Unindo o antigo ao contemporâneo. Um ótimo lugar para fazer belas fotografias! A entrada é gratuita.

Parque das Ruinas

A vista panorâmica do parque é privilegiada, voltada para a Baía de Guanabara e para o centro da cidade. De lá também pode-se apreciar o Pão de Açúcar, parte da Orla e os Arcos da Lapa.

Seguindo o caminho, vá até o Museu da Chácara do Céu. Há uma pequena ponte que liga o interior do Parque das Ruínas à entrada da Chácara do céu – o acesso custa apenas R$2 . Na Chácara, encontra-se a a coleção de obras de arte particular do empresário Raymundo Ottoni de Castro Maya, que morava no local, redesenhado em 1954 em linhas modernistas integradas a um jardim de onde também se avista em 360 graus a Baía de Guanabara. Abre diariamente (menos às terças-feiras), das 12h às 17h. Fica na Rua Murtinho Nobre, 93.

Museu Chácara do Céu

A essa altura do tour, já deve estar na hora de almoçar. Então, se for o caso, você pode ir até o Largo dos Guimarães, o point gastronômico do bairro, na Rua Almirante Alexandrino, e escolher um dos ótimos restaurantes que existem por lá. Entre eles o Portella, o Espírito Santa e o Bar do Mineiro (feijoada) são boas pedidas.

largo-dos-guimaraes

Depois, ande pelos ateliês, respire arte e compre souvenirs, roupas, quadros e artigos de decoração em geral. Na hora de ir embora pode descer de ônibus, taxi, a pé ou de Bondinho. Mas é claro, se você estiver hospedado no Rio Forest Hostel é só voltar até o número 517 da General Murtinho. Quer melhor do que isso? Então tá, já chegue ao hostel saboreando uma deliciosa caipirinha e mergulhando na piscina no meio da mata.

Curiosidades sobre o bairro:

  • Santa Teresa foi fundada em 23 de julho de 1981, com uma área de 515,71 ha (2003) e população total de 40.926 (2010) em 16.671 domicílios (2010). O Bairro faz limites com Alto da Boa Vista, Botafogo,Catete, Catumi, Centro, Cidade Nova, Cosme Velho, Glória,Humaitá, Lapa, Laranjeiras e Rio Comprido;
  • Recebeu ao longo de toda sua existência muitos imigrantes europeus;
  • Por volta de 1850, a região foi intensivamente ocupada pela população que fugia da epidemia de febre amarela na cidade – por ficar num local mais elevado, as pessoas buscavam isolamento dos riscos de contágio;
  • Em 1872, surgia o bonde que se tornou o símbolo do bairro;
  • Dentre seus moradores ilustres podemos citar: Carmem Miranda (atriz e cantora), Djanira (pintora) e o grande músico Pixinguinha.

Para se hospedar em Santa Teresa

Se hospedando no Rio Forest Hostel, em Santa Teresa, você já acorda no lugar onde as coisas acontecem. Do ladinho da Lapa, num casarão reformado, onde o contraste do antigo com o contemporâneo torna o local ainda mais especial. No Rio Forest você paga pouco, com conforto e serviços à sua disposição. Navegue pelo site e conheça nossas instalações e tarifas. Será um prazer recebê-lo!

caipirinha    RioForestHostel12